Laura & Élvio – existem filhos assim…

PT//
Existem mães que trabalham pela noite dentro para preparar o pão caseiro, para que todos possam provar um produto diferente, amassado com sabedoria, amor e carinho de uma mãe que irá oferecer a mão do seu filho.
Mães que procuram adocicar ainda mais o dia preparando licores vários...'que aroma e que sabor'.
Mães que nos vêm 'arrumar' a cozinha a lenha, que nos dão um sorriso de desconforto por não a deixarmos ajudar, mas que confiam na nossa forma de compor!

Existem famílias que se juntam, para bordar as iniciais dos noivos, num pequeno saquinho em tecido cru, para apanhar ervas de cheiro, para encher os saquinhos, criando os brindes...existem ainda as crianças que cortam as fitas de setim e dão laços, fechando os saquinhos...'que cheirinho a Santana, que alegria'.

A família do Élvio.

Existem mães que nos vêm conhecer e que passados vários meses nos dão um abraço como se daquela família pertence-se-mos.
Mães alegres, extrovertidas, bem dispostas...que soltam gargalhadas...que vivem...mas que se preocupam!
Mães que nos vêm roubar o vestido da noiva...sem levantar questões...'eles lá sabem!?'

Existem famílias 'tipicamente Inglesas', que respeitam, que chegam 'on time', que estão presentes à chegada do noivo, abrilhantando com a sua presença as cerimónias protocolares de entrada! 'perfeito...lindo'

A família da Laura.

Existe uma noiva de sorriso fácil que ao mais pequeno momento sorri e faz soltar uma lágrima...existe um noivo atento que se preocupa e que não se esquece do lenço!

Existem famílias assim, com mães assim e filhos assim...Laura e Élvio

 

EN//
There are mothers who work at night to prepare homemade bread, so that everyone can taste a different product, kneaded with the wisdom, love and affection of a mother who will offer the hand of her child.
Mothers seeking to sweeten the day further by preparing various liqueurs ... 'what aroma and what flavor'.
Mothers who come to 'fix' the wood-burning kitchen, who give us a smile of discomfort for not letting us help, but who rely on our way of composing!

There are families who come together to embroider the initials of the bride and groom, in a small bag in raw cloth, to pick up scented herbs, to fill the sachets, to create the gifts ... there still are children who cut the ribbons of satin and tie , closing the sachets ... 'that smelled 'Santana', what joy'.

Élvio's family.

There are mothers who came to meet us and who after several months give us a hug as if we belong to that family.
Mothers cheerful, extroverted, well disposed ... who laugh ... who live ... but who cares!
Mothers who saw us stealing the bride's dress ... without raising questions ... 'they know what they are doing?'

There are 'typically English' families who respect, arrive on time, who are present at the arrival of the groom, brightening with their presence the protocol ceremony of entry! 'perfect, beautiful'

Laura's family.

There is a bride with an easy smile who at the smallest moment smiles and drops a tear ... there is an attentive groom who cares and does not forget the scarf!

There are families like these, with mothers like these and sons like these ... Laura and Élvio

 

 

Fornecedores:

Local: Quinta Splendida
Florista: Florista Ao Bouquet
Fotografia & Filme: aDreamStory

'EVERY DREAM HAS A STORY
EVERY STORY HAS ITS MOMENTS
WELCOME TO YOURS!'
aDreamStory®

weddingawards

PartilharShare on Facebook145Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Share on Tumblr0Pin on Pinterest0Email this to someone

Related Projects